Aceleração InovAtiva: conheça a diferença entre os programas e qual o melhor para seu negócio inovador

Compartilhe:

O InovAtiva é um hub de inovação que promove uma série de programas gratuitos para aceleração e conexão de negócios inovadores. Mas, com uma gama enorme de possibilidades, é preciso filtrar e entender qual é o mais adequado para seu negócio. Entenda melhor sobre cada um deles e decida em qual se inscrever!

InovAtiva Brasil

O InovAtiva Brasil é o maior programa de aceleração de startups da América Latina. Ele tem dois ciclos por ano e, em 2021, o número de projetos selecionados por ciclo cresceu para até 400. 

As chamadas são abertas a projetos de negócios inovadores nas fases de validação, operação ou tração de todo o país, de qualquer área de atuação. Os ciclos são divididos em duas etapas e todas as selecionadas passam pela primeira, a de Aceleração, que dura 3 meses. Mediante uma segunda avaliação, as empresas mais promissoras passam para uma segunda fase, a etapa Conexão, que possui um mês de duração.

Ao longo do programa, os empreendedores passam por uma série de atividades: mentorias coletivas e individuais, cursos exclusivos, treinamentos de pitch e pitch deck, além da oportunidade de se apresentar, ao final do ciclo, a uma banca de investidores no InovAtiva Experience. 

Rafael Wandrey, Coordenador-Geral de Empreendedorismo Inovador e Novos Negócios do Ministério da Economia explica um detalhe importante: “os projetos elegíveis para o InovAtiva Brasil, não necessariamente devem ter tecnologia atrelada. A inovação pode estar relacionada à tecnologia, mas também pode ser no modelo de negócio, do próprio produto ou serviço, ou até mesmo na relação com o cliente. O conceito de inovação é muito mais amplo”.

O resultado dos projetos aprovados para o Ciclo 2021.2 do programa será divulgado no dia 16/08. Se quiser saber mais sobre a divulgação, acompanhe as redes sociais do InovAtiva

InovAtiva de Impacto Socioambiental

“O InovAtiva de Impacto Socioambiental é bem parecido estruturalmente com o InovAtiva Brasil, mas é focado em negócios inovadores que procuram solucionar problemas socioambientais e ainda assim ter como meta a geração de lucro.”, diz Diego Peruchi, Coordenador de Projetos de Empreendedorismo Inovador pela Fundação Certi.  

Ou seja, o ciclo de Impacto oferece oportunidades semelhantes às do InovAtiva Brasil – cursos de negócios, mentorias coletivas e individuais, treinamentos de pitch e pitch deck e a chance de se apresentar a investidores no InovAtiva Experience. 

O desenvolvimento de negócios de impacto tem suas próprias oportunidades e desafios. Por isso, o ciclo é concebido com mentores que possam apoiar os empreendedores nestas especificidades. 

É oferecido um ciclo por ano para o InovAtiva de Impacto para projetos nas fases de validação, operação ou tração. Veja aqui o regulamento do ciclo de 2021 e se prepare para o ano que vem. 

Ideiaz Powered by InovAtiva 

O Ideiaz Powered by InovAtiva é uma iniciativa que foi lançada em 2021 pelo hub InovAtiva. Diferentemente dos dois acima, ele seleciona somente projetos em estágio inicial, em fase de ideação ou criação, ou seja, cujo modelo de negócio ainda não esteja consolidado e ainda não tenham clientes. O programa também tem abrangência nacional e, em sua primeira rodada – iniciada em fevereiro deste ano – selecionou 150 empreendedores. Agora, para o segundo e terceiro ciclo do Ideiaz, até 425 projetos poderão participar de cada chamada. 

“O Ideiaz Powered by InovAtiva é voltado para quem sonha em empreender, mas não sabe como começar. O programa oferece apoio gratuito de incubadoras e aceleradoras credenciadas para o desenvolvimento de futuras startups de todo o país”, diz Guila Calheiros, Superintendente da ANPROTEC, realizadora do Ideiaz Powered by InovAtiva.   

O programa tem a finalidade de atender em escala ideias e projetos de pequenos negócios inovadores por meio da conexão gratuita com os mecanismos de geração de empreendimentos existentes em todas as regiões do país. Eles podem ser de qualquer nicho de mercado. 

Cada empreendimento selecionado recebe individualmente, no mínimo, 18 horas de apoio ao seu desenvolvimento, entre mentorias, consultoria organizacional, suporte tecnológico, e suporte para formalização do negócio e qualificação empreendedora. 

Ficou interessado? O programa está com inscrições abertas para sua 2ª chamada! Acesse o link, confira o regulamento e saiba mais sobre a iniciativa.